segunda-feira, 15 de março de 2010

Papas de Carolo de Milho da Beira Alta


Herdei da minha bisavó, natural da Carrapichana, esta receita saborosa e singela. Tem o sabor da simplicidade de antigamente, quando ainda não existiam corantes, conservantes e toda a panóplia de emulsionantes de agora. Vem daquele tempo quase mítico em que a comida tinha o gosto dos ingredientes de que era feita, sem máscaras nem adornos; pura Natureza numa taça de barro.


Ingredientes:
Carolo de milho (sêmola de milho): 2 colheres de sopa
Leite de cabra/ovelha ou de soja
Água
Mel (opcional)
Canela (opcional)
Casca de limão (opcional)

Num tacho, deita-se o carolo de milho e cobre-se com água. Ferve-se até começar a engrossar. Deita-se o leite a pouco e pouco até ficar da consistência que gostamos, mais rala ou mais espessa. Continuar a ferver em lume brando durante cerca de 10/15 minutos com uma casquinha de limão (opcional), mexendo sempre. Colocar numa taça, acrescentando-lhe um fio de mel. Polvilhar com canela (opcional). Quem não apreciar mel ou canela, pode dispensar estes ingredientes.
As quantidades desta receita correspondem a uma tigela de sopa e podem ser multiplicadas.
Bom apetite!

2 comentários:

  1. Há que tempos que não ouvia falar nem via uma malga de papas de carolo :))) A avó Tatão fazia tantas vezes!

    ResponderEliminar