sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Óleo Essencial de Alecrim (Rosmarinus officinalis)

Ingrediente da famosa Água-da-Hungria, tão apreciada pelos nobres europeus durante a Idade Média e o Renascimento, o alecrim é empregue como panaceia universal desde a mais remota Antiguidade. Sagrado, poderoso, mágico e eterno, capaz de contactar com os espíritos superiores, era presença assídua em rituais litúrgicos. Ainda hoje, e cada vez mais, é usado contra a melancolia e o pessimismo.  

Família: Lamiaceae. 

English Name: Rosemary.

Origem: Portugal, Espanha, França, Itália e Tunísia.

Partes Usadas: Folhas e hastes floridas.

Aroma: Balsâmico, fresco e ligeiramente canforado.

Princípios Activos: Alfa-pineno, cânfora, cineol e eucaliptol.

Propriedades: Anti-séptico, antiespasmódico, analgésico, adstringente, carminativo, colagogo, colérico, cicatrizante, descongestionante, digestivo, diurético, emenagogo, expectorante, neurotónico, hepatotónico, rubefaciente, relaxante muscular e venotónico.

Fitoterapia Geral: Excelente como analgésico, emprega-se em dores musculares, dores de cabeça e cefaleias, fadiga física e mental, cãibras, ciática, reumático, artrite, gota, má circulação, tensão arterial baixa, taquicardia, membros frios, edemas, flatulência, dores estomacais, colite, má-digestão, diarreias, paralisias, cirroses hepáticas, arteriosclerose, epilepsia. Estimula a drenagem linfática, desintoxica o organismo. Empregue com frequência no tratamento de problemas respiratórios, gripes, constipações, tosses catarrais, asma e bronquite.    

Dermatologia: Usado no combate à caspa, pele oleosa, acne, celulite, queda de cabelo, envelhecimento cutâneo, psoríase e flacidez. Usado no cabelo, ajuda a preservar a sua cor, escurecendo-a.

Psicologia: Sincronizador de ondas cerebrais alpha, o alecrim é um antidepressivo por excelência, eficaz em estados de ansiedade, pânico e negatividade.

Observações: Não deve ser usado puro, uma vez que pode causar dermatites de contacto em pessoas sensíveis. Não deve ser usado em hipertensos, grávidas e crianças até aos 5 anos. Pode ser combinado com uma grande variedade de óleos balsâmicos, principalmente de outras Lamiáceas, e também com cedro, limão, bergamota e especiarias. 

Curiosidades: A «Água da Hungria», criada por Santa Isabel da Hungria, é feita com alecrim. A rainha, que era tia-avó da Santa Isabel de Portugal, usou esta planta para curar a gota e o reumático que tanto a afligiam. A rainha acreditava que este aroma era o responsável pelo seu rejuvenescimento e afirmava ter sido um anjo a falar-lhe das propriedades desta planta, sugerindo-lhe que a acrescentasse também ao banho e à comida. 
Tido como fonte de luz espiritual, na Idade Média acreditava-se que o alecrim tinha o poder de exorcizar todos os demónios e doenças por eles causadas. 

Pode ler mais em Herbalist.

Sem comentários:

Enviar um comentário